Quão forte é sua marca pessoal?

sua-marca-pessoal
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Vamos imaginar a seguinte situação: você a partir de amanhã está desempregado! Apesar da drástica suposição, sabemos que tal fato é mais comum do que imaginamos. O mercado de trabalho cada vez mais competitivo e o grande número de novos profissionais formados a cada ano são alguns das possíveis causas de sua demissão. Como você e sua marca reagiriam a isso? Você teria novas oportunidades logo de cara, pelo que você é e pelo que os outros sabem sobre você e sobre sua reputação profissional?

Que marcas você deixa online? Elas podem ser a diferença entre um certo conforto e o desespero total para conseguir um novo emprego. Você deve criar uma segurança e uma credibilidade em torno do seu nome e de sua marca pessoal. A internet é sua melhor aliada nesse processo.

Claro que sua formação, experiências e competências são importantes, mas isso você só poderá comprovar atuando. Para chegar ao ato da contratação, as impressões que o mercado tem sobre você são fundamentais para você sair na frente na busca de um novo cargo. O que sua marca online comunica aos outros?

Você recebe ofertas e faz contatos com empresas e recrutadores mesmo empregado? Ótimo, são evidências de uma marca forte e de um networking poderoso. Mas se ao contrário você não tem conexões externas à sua empresa e à colaboradores diretos, muito cuidado. Amanhã você pode se encontrar sem emprego e sem saber por onde recomeçar.

Seth Godin, o guru do marketing nos Estados Unidos escreveu um livro chamado “Você é indispensável?”, onde ele defende que nenhum profissional, independente do mercado, é indispensável, mas que todos nós podemos chegar muito próximo disso. Como? Para descobrir, recomendamos que leia o livro, vai valer a pena.

Exemplo

Você deve seguir alguém assim, que comunica tão bem seus feitos, marca pessoal e reputação que parece conhecer a pessoa há muito tempo, mesmo nunca tendo a oportunidade de conhecê-lo(a) pessoalmente. O que na verdade você conhece são seus feitos profissionais, realizações e o que esse(a) profissional compartilha com maestria nas redes sociais, por e-mails, em blogs e outros canais na internet. Para citar alguns da minha área: Martha Gabriel, Seiti Arata e Conrado Adolpho.

Todos esses são empreendedores, autores e profissionais já conceituados no mercado. E o principal, são grandes propagadores de conteúdo de qualidade na internet. Que empresa não gostaria de contratar ou fazer negócios com essas pessoas?

marketing-pessoal-online

Esses profissionais sempre terão portas abertas em qualquer empresa por terem se tornado autoridades em suas respectivas áreas de atuação, já que possui seguidores fiéis que acompanham sua carreira e o que têm a compartilhar. Já falamos aqui sobre o poder da autoridade no marketing pessoal, você pode conferir aqui.

Portanto, insistimos, qual sua segurança e garantia no caso de se encontrar desempregado de um dia para o outro?

Você pode se tornar esse profissional. Gerar relevância a sua marca pessoal, se tornar uma referência online para os outros e ainda alavancar sua carreira. Seu marketing pessoal e marca relacionada a seu nome, ao profissional que você é e a seus feitos, serão determinantes para atrair novas chances no mercado. Você tem de ser capaz de criar suas próprias oportunidades.

Seu marketing pessoal deve ser consistente e constante, mantenha seu blog, atualize seu currículo online, suas mídias sociais com conteúdo agregador, que faça a diferença para alguém, isso garantirá um networking poderoso e aquecido. Acredite, você já estará na metade do caminho.

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/5 (2 votes cast)
Quão forte é sua marca pessoal?, 3.0 out of 5 based on 2 ratings
Rafael Dal'laqua (29 Posts)

Publicitário graduado pela Universidade Santa Cecília - Santos/SP e pós-graduando em Administração de Empresas pela FGV/SP. Profissional com interesses em personal branding e em tudo o que a internet oferece para construção e gerenciamento de marcas pessoais sólidas e de sucesso online. Movido pela busca por novos conhecimentos e um eterno nadador. É co-fundador do Marketing Pessoal Online.


0 Flares Facebook 0 Twitter 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×